Arquivo de abril 5, 2009


     

A CCJ, Comissão de Constituição e Justiça, barrou no primeiro trimestre do ano, 40 projetos da Câmara dos Vereadores de Ribeirão Preto, interior paulista.

      O Vereador Élio Aparecido de Oliveira Júnior do PSC, lidera a lista, com 8 projetos inconstitucionais, seguido dos reeleitos Walter Gomes do PR, com 6 projetos, e Bertinho Scandiuzzi do PSDB, com 5 projetos.

      Oliveira Júnior, foi vice-prefeito de Itu-SP, pelo PL,  presidente do time do Ituano, e em janeiro de 2008 foi denunciado pelo Ministério Público de Itu-SP como o mandante do assassinato do advogado Humberto da Silva Monteiro.

A polícia também investigava outros dois crimes em que Monteiro foi vítima: o arrombamento de seu sítio e uma agressão física.
    
      Leia mais em:
http://www.mp.sp.gov.br/portal/page/portal/noticias/publicacao_noticias/2008/Marco/4984800A29101A15E040A8C02B01388B

  Oliveira Júnior mudou-se para Ribeirão Preto, onde apresentou um programa de televisão com seu nome na emissora afiliada à Rede Bandeirantes e mantém uma empresa de marketing esportivo associada ao clube Comercial, que disputa a séria A-2 do Campeonato Paulista, sendo eleito vereador nas últimas eleições municipais.
  
  O Presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de Ribeirão Preto, junto com outros vereadores, apelam para a “consciência de ética” dos colegas da casa.