Arquivo de abril 23, 2009


1206

Aeroporto Leite Lopes – Ribeirão Preto – SP      www.tribunadeituverava.com.br

 

Ampliar e transformar o Aeroporto Leite Lopes, de Ribeirão Preto, em internacional de cargas não é uma solução tão rápida – é quase inviável. Políticos e promotores travam uma batalha judicial desde 2000, quando surgiram os primeiros projetos. Houve licitação em 2003 e a empresa Terminais Aduaneiros do Brasil (Tead) venceu, mas nenhuma obra começou porque a Promotoria do Meio Ambiente, preocupada com a poluição sonora e o risco de acidentes na região do aeroporto, rodeado por bairros residenciais, conseguiu emperrar o processo. A ampliação do terminal é estimada em R$ 218 milhões.

O engenheiro José Augusto Monteiro de Barros, pós-graduado em projetos de aeroportos pela Universidade de São Paulo (USP), considera muito difícil adaptar o aeroporto. ‘Para descer um avião de carga aqui é preciso uns 4 mil metros de pista. Com a ampliação, ele teria, no máximo, 3 mil metros.’ A pista tem atualmente apenas 2.100 metros.

Para o consultor em logística e infra-estrutura de transporte de carga, Cristiano Cecatto, transferir operações de cargueiros para Ribeirão Preto seria ‘no mínimo, esdrúxulo’. O aeroporto do interior paulista seria útil para as empresas do setor se servisse de ‘ponto de apoio’, levando as cargas daquela região para os aeroportos de Viracopos , Cumbica ou Congonhas.

Brás Henrique e Rodrigo Brancatelli
Fonte: O Estado de S. Paulo

 

Leia mais em: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=511708


090422104145_lula_ap226b

(foto: AP)

O Brasil vem se transformando na última década em uma potência regional única, ao se tornar uma sólida democracia de livre mercado, uma rara ilha de estabilidade em uma região conturbada e governada pelo Estado de direito ao invés dos caprichos dos autocratas. A afirmação é feita em artigo publicado na última edição internacional da revista americana Newsweek.

 

Leia mais em: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2009/04/090422_pressnewsweek_rw.shtml



museu

Fatos históricos no acervo (divulgação)

 

O jornal Diário do Comércio lançou o Museu Virtual da Corrupção Online, obra erguida na na rede mundial de computadores, no dia dos 509 anos do descobrimento do Brasil, para lembrar os escândalos políticos que marcaram a nossa história. O espaço mostra em primeiro momento, os atos de corrupção ocorridos desde a década de 1970, com a proposta de recuar no tempo até a época do Brasil colônia. Desenhado pelo arquiteto mineiro Rodrigo de Araújo Moreira, 78, e preenchido pelo trabalho de pesquisa da jornalista Kássia Caldeira, o Museu destacará os 15 episódios que mais geraram discussão nos últimos anos. O Museu terá a relação dos escândalos políticos desde de os anos 1970 e grande parte das ações realizadas pela Polícia Federal (PF) durante os últimos 39 anos, incluindo uma seção com sugestões de links sobre o tema e outra com publicações recomendadas sobre o assunto. Visite o Museu em: http://www.dcomercio.com.br/especiais/2009/museu/index.htm