Arquivo de setembro, 2009


Image and video hosting by TinyPic


Photobucket


Prefeita afirmou que não pode aceitar que a população seja penalizada, se há vagas disponíveis para internações

A prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, determinou na manhã desta terça-feira, dia 22, a abertura de uma sindicância para apurar os motivos que levaram à paciente Maria Adelaide de Melo, a aguardar 50 horas na Unidade Básica e Distrital de Saúde do Castelo Branco por uma vaga em um hospital.
Por conta disso, ela chamou até o Palácio Rio Branco a secretária municipal da Saúde, Carla Palhares, juntamente com seus assistentes e cobrou providências na apuração do caso, determinando a imediata instalação de uma sindicância para verificar e responsabilizar eventual omissão na regulação de vaga para transferir a paciente para um hospital conveniado ao SUS.
“Tenho trabalhado arduamente para promover melhorias no setor da saúde e, por conta disso, tenho ido até São Paulo e Brasília em busca de recursos. Tanto é que já implantamos vários benefícios como o Leva e Traz da Saúde, aumento do número de leitos dos hospitais conveniados ao SUS, reativação do setor de ortopedia da unidade central, entregamos nova viatura para o Samu, recuperamos equipamentos e estou lutando para adequar os valores dos plantões médicos aos pagos nos demais municípios”, explicou ela. Não posso aceitar que a população seja penalizada, se há vagas disponíveis para internações”, protestou a prefeita.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social – PMRP


Photobucket


Photobucket


Photobucket


Photobucket
Photobucket