TV Cultura – desherzoguização, descomunização e desparasitação – caso contrário: #DoriaNão

Publicado: maio 12, 2019 em Sem categoria

Purgatorio da Imprensa

Doria formata TV Cultura ‘pró-mercado’ – (O Estado de S.Paulo – 12/05/2019)

Governador prepara reformulação na emissora no momento em que busca dar guinada liberal no PSDB; proposta contraria enfoque do canal.

A TV Cultura tem 821 funcionários e o orçamento previsto para 2019 é de R$ 146,7 milhões – deste montante, R$ 40,6 milhões é a previsão de receita própria por meio de licenciamento de produtos e prestação de serviços, como a TV Câmara de São Paulo, por exemplo.

https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,doria-formata-tv-cultura-pro-mercado,70002825289

A emissora tem um rico arquivo, com materiais exclusivos, e precisa disponibilizar um espaço para suas “pérolas” do passado, fazer alguns remakes e dar continuidade no que foi interrompido, com nova roupagem.

SÓ QUE O JORNALISMO PRECISA ACABAR COM AQUELAS BANCADAS DE COMENTARISTAS, AMPLIAR O ESPAÇO PARA REPORTAGENS DAS AFILIADAS DE TODO O BRASIL E INCLUIR MAIS PRESTAÇÃO DE SERVIÇO.

DEIXEM AS “TRICOTAGENS” DAS VELHAS TIAS SOCIALISTAS CAVIAR DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS, SUSTENTADAS COM SALÁRIOS GORDOS PAGOS PELO POVO, PARA PROGRAMAS COMO O RODA VIVA, QUE JÁ PERDEU GRANDE PARTE DA CREDIBILIDADE.

E a Federação Paulista de Futebol, assim como outras, precisa participar mais da programação.

TV Cultura usa recursos da Lei Rouanet – (Folha de S.Paulo – 03/01/1999)

Emissora quer captar R$ 5 milhões em 1999 para patrocínio de programas como “Roda Viva” e “Cocoricó”.

https://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq13019909.htm

Emissora pública captar recursos, receber incentivos fiscais e verbas públicas para apresentar conteúdos de qualidade, alternando para todos os gostos e tipos, com responsabilidade, inteligência e imparcialidade é o que todos os contribuintes aprovam e esperam.

É o incentivo que vai para uma coisa e beneficia muitas.

Segundo TCM, Doria gastou mais que o permitido com publicidade em 2018 – (Poder360 – 12/05/2019)

Durante 4 meses como prefeito de São Paulo.

Extrapolou gastos para o 1º semestre.

Possível improbidade administrativa.

Levantamento da Folha de S. Paulo.

https://www.poder360.com.br/justica/segundo-tcm-doria-gastou-mais-que-o-permitido-com-publicidade-em-2018

E a Faliu de S.Paulo não recebeu algo, ou recebeu menos do que gostaria?

E quanto o BarbariHaddad gastou para pintar a cidade de vermelho em ciclovias para CUbano ver?

Se vingar o velho modus operandi tucano para 2022, de não cumprir mandato integral e deixar o fundo do tacho para o vice raspar, haverá mais gastos do fundo partidário que cai nas costas de otário e mais publicidade de quem estiver saindo e quem estiver assumindo.

Abertura da novela Floradas na Serra (1981) – TV Cultura

Grupo Nós TV

Abertura de O Vento do Mar Aberto (1981) – TV Cultura

93Fr1

Abertura de MUNDO DA LUA – TV Cultura

Baú dos Desenhos


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s