O banco “estatal” do Rio de Janeiro

Publicado: maio 13, 2019 em Sem categoria

Carcanhá Rachado

Estado abre prazo nesta segunda-feira para recenseamento de maio – (O Dia/iG – 13/05/2019)

Os servidores ativos, aposentados e pensionistas do Estado do Rio de Janeiro que nasceram em maio devem ficar atentos. Começa hoje o prazo para o recenseamento obrigatório exigido pelo governo fluminense a todos os vínculos do Executivo. O procedimento tem que ser feito em qualquer agência do Bradesco — banco responsável por rodar a folha de pagamentos do estado — até o próximo dia 24 de maio.

Quem não fizer a atualização cadastral no Bradesco terá salário cortado.

https://odia.ig.com.br/colunas/servidor/2019/05/5641766-estado-abre-prazo-nesta-segunda-feira-para-recenseamento-de-maio.html

Itaú compra o Banerj por R$ 311 mi e ágio de 0,35% – (Folha de S.Paulo – 27/06/1997)

O Itaú foi o único a apresentar proposta, e o preço foi 0,35% acima do mínimo de R$ 310 milhões. Mas o comprador gastou apenas cerca de R$ 160 milhões para fechar o negócio.

Nada mudará para os 1,7 milhão de correntistas do Banerj.
Para realizar a privatização, o antigo Banerj foi dividido em dois: o Banco do Estado do Rio de Janeiro, que ficou com as dívidas e está em liquidação, e o Banco Banerj S.A., que foi vendido ontem.

O pagamento do negócio está condicionado à aprovação, pela Assembléia Legislativa, de um projeto do Executivo definindo as regras de uso do empréstimo de R$ 3,088 bilhões feito pela CEF (Caixa Econômica Federal) ao Estado.

https://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc270602.htm

Prova de vida dos ex-participantes da Previ-Banerj vai até 31 de janeiro – (O Dia/iG – 10/01/2019)

O procedimento, realizado pela Secretaria Estadual de Fazenda, tem o objetivo de atualizar o cadastro e garantir a regularidade dos pagamentos. Considerando os ex-participantes e os beneficiários, cerca de 8 mil pessoas têm que fazer o recadastramento ao longo do ano.

https://odia.ig.com.br/colunas/servidor/2019/01/5610011-prova-de-vida-dos-ex-participantes-da-previ-banerj-vai-ate-31-de-janeiro.html

844 tralhadores recebem ação de R$ 9 mi do Banerj – (Sindicato dos Bancários e Finaciários de São Paulo, Osasco e Região – CUT – 20/05/2016)

Pagamento feito no Sindicato foi marcado por alerta de ex-bancária pela resistência à privatização de outros bancos públicos.

Se o beneficiário for falecido, o herdeiro deve agendar previamente atendimento no plantão jurídico do Sindicato.

http://spbancarios.com.br/05/2016/trabalhadores-recebem-acao-de-r-9-mi-do-banerj

Benedita diz que não pagará 13º a servidor – (Folha de S.Paulo – 07/12/2002)

A governadora do Rio, Benedita da Silva (PT), disse ontem que deixará o governo sem pagar o 13º salário a todos os servidores do Estado. Ela afirmou ter esperanças de que a União reconheça e pague, ainda neste mês, uma dívida com o Estado de R$ 140 milhões referentes a ativos federais do extinto Banerj Previdência.

“O Estado está fazendo o maior esforço possível para o pagar o 13º salário. Se nós não conseguirmos, é porque já concluímos o nosso tempo aqui e não será mais uma tarefa nossa”, disse ela, que apresentou oficialmente o balanço das 31 secretarias do governo. Os balanços serão entregues à equipe de transição da governadora eleita, Rosinha Matheus (PSB).

https://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc0712200219.htm

Rosinha busca instalar CPI contra Benedita – (Folha de S.Paulo – 31/03/2003)

O líder do governo de Rosinha Matheus na Assembléia Legislativa do Rio, deputado Noel de Carvalho (PSB), inicia hoje a coleta das 36 assinaturas necessárias para o pedido de instalação de uma nova CPI. Desta vez, para investigar um suposto esquema de superfaturamento na compra de títulos públicos federais pelo fundo de previdência dos funcionários estaduais (RioPrevidência) no governo de Benedita da Silva (PT).

As compras suspeitas, que teriam representado perda de R$ 21,5 milhões para o Estado, foram feitas entre junho e dezembro do ano passado. Benedita governou o Estado de abril a dezembro.

https://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc3103200316.htm

Justiça condena Itaú a pagar “incentivo à aposentadoria” para bancária oriunda do Banerj – (AJS Cortez & Advogados)

“Pretende a Autora o pagamento de verba instituída por norma interna pelo extinto Banerj em 1986 e regulamentada por norma interna como Circular 6.599/94, denominada “incentivo à aposentadoria”. Afirma, assim, que o Banco instituidor assumiu o compromisso de pagar ao empregado, a título de suplementação integral, o valor de 1/30 por ano de serviço prestado. Conclui afirmando que possui direito ao pagamento de 30/30 avos, “em substituição a aquilo que foi reduzido do seu salário por força da aposentadoria, a partir da sua dispensa” (sic).

http://www.ajs.adv.br/justica-condena-itau-a-pagar-incentivo-a-aposentadoria-para-bancaria-oriunda-do-banerj

Comercial do Banerj

Marcello Giannetto

Bandidos explodem agência do Bradesco na Tijuca

tvbrasil – 13/11/2018


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s