“Clientes” preferenciais para uma “possível” reinauguração dos “órgãos” de utilidade pública

Publicado: julho 4, 2019 em Sem categoria

Porão do Drops

Em protesto contra reforma da Previdência, MTST invade loja da Havan – (Conexão Política – 04/07/2019)

Representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) invadiram, na manhã desta quinta-feira (4), uma loja da Havan em São Paulo.

A “manifestação” contava com cartazes contra a reforma da Previdência e em repúdio ao dono da rede de lojas, Luciano Hang.

https://conexaopolitica.com.br/brasil/em-protesto-contra-reforma-da-previdencia-mtst-invade-loja-da-havan

Saudade Braga e a enorme “capivara” da mãe de Glauber Braga, o deputado que ofendeu Sérgio Moro – (Jornal da Cidade Online – 03/07/2019)

O nome da mulher, ex-prefeita de Nova Friburgo (RJ) é Saudade Braga, mas o povo da cidade da região serrana do Rio de Janeiro não sente nenhuma ‘saudade’ dela.

Como prefeita foi um verdadeiro desastre.

A mais representativa lembrança de suas gestões é uma ‘capivara’ gigantesca.

Veja uma lista de processos que envolvem a ex-prefeita, quase interminável. Quase 200 processos.

O filho, um moleque despudorado e indecoroso foi o autor de uma gravíssima ofensa ao ministro Sérgio Moro, que fez com que a sessão da Câmara dos Deputados fosse encerrada.

Na régua de Glauber Rocha, corrupto é quem prende os corruptos.

https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/15348/saudade-braga-e-a-enorme-capivara-da-mae-de-glauber-braga-o-deputado-que-ofendeu-sergio-moro

Deputado do PSOL que chamou Moro de ladrão pode sofrer processo disciplinar e perder o mandato – (Estudos Nacionais – 04/07/2019)

O deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) chamou Sérgio Moro de “juiz ladrão e corrompido”. A acusação feita ao Ministro pode ser enquadrada nos artigos 138 e 139 do Código Penal, que configura os crimes de calúnia e difamação, quebrando o decoro parlamentar. Para que o deputado do PSOL tenha seu decoro analisado, é necessário que algum parlamentar, ou qualquer cidadão, apresente um requerimento para a Câmara dos Deputados, conforme prevê regimento interno comum do Congresso.

Após o ocorrido, internautas criaram no site Avaaz, uma petição para cassação do mandato de Glauber Braga (PSOL), tendo até o momento mais de 75 mil assinaturas, contra o deputado, que foi eleito com 40.199 votos nas eleições de 2018. No entanto, para haver cassação seria preciso um requerimento à Câmara.

https://estudosnacionais.com/noticias/politica/deputado-do-psol-que-chamou-moro-de-ladrao-pode-sofrer-processo-disciplinar-e-perder-o-mandato

Glauber Braga chama Moro de ladrão e recebe elogio de Greenwald – (Terça Livre – 03/07/2019)

Glenn também recordou o dia em que Braga chamou o então presidente da Câmara, Eduardo Cunha (MDB-RJ) de “gângster”, em 2016:

O ex-juiz e atual ministro Sergio Moro participou da audiência na Comissão de Constituição e Justiça de maneira voluntária. Ele não é investigado, nem acusado de nenhum crime.

https://www.tercalivre.com.br/glauber-braga-chama-moro-de-ladrao-e-recebe-elogio-de-greenwald

Responsável por The Intercept é filiado ao PSOL – (Terça Livre – 30/06/2019)

Além de adulterar áudios e mensagens, o site The Intercept é um laranjal do PSOL. Difícil é não encontrar quem no site não é filiado ao PSOL. Nem mesmo Diogo José da Silva Flora, responsável pelo site no Brasil e membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB/RJ, é uma exceção. O número de sua filiação partidária é 127556960361 e pode ser visto no site do TSE ou Filia Web.

https://www.tercalivre.com.br/responsavel-por-the-intercept-e-filiado-ao-psol

Artistas e “intelectuais” abandonam Lula e abraçam candidatura de Guilherme Boulos do MTST – (República de Curitiba – 22/05/2018)

Diz O Antagonista:

Lula garante que vai se candidatar.

Mas os lulistas já bandearam para a campanha de Guilherme Boulos.

A Folha de S. Paulo informa que hoje será apresentado o manifesto “Vamos com Guilherme Boulos e Sônia Guajajara”.

As celebridades que assinam o documento são as mesmas que assinaram os últimos quarenta e oito manifestos lulistas. Gente como Wagner Moura, Gregorio Duvivier, Sônia Braga, Paulo Betti, Paula Lavigne e Letícia Sabatella.

Até Frei Betto, o maior defensor do presidiário, assinou o manifesto.

https://republicadecuritiba.net/2018/05/22/artistas-e-intelectuais-abandonam-lula-e-abracam-candidatura-de-guilherme-boulos-do-mtst

#UstraVive (Um Rap Reaça) – Luiz, o Visitante

Luiz, o Visitante


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s