O “mês das tragédias” vem aí!

Publicado: julho 12, 2019 em Sem categoria

Turma do Ralf

Governo joga a toalha e reforma ficará para agosto – (Congresso em Foco – 12/07/2019)

Mesmo com a expectativa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em concluir a reforma da Previdência na próxima terça-feira (16), o governo federal jogou a toalha. O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, já admite que a votação do segundo turno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 06/2019) ficará para agosto, tempo para o Palácio do Planalto reagrupar o quórum para finalizar o debate na Câmara.

Onyx nega, no entanto, a existência de um acordo com as lideranças dos partidos da base de sustenção ao governo. Os aliados pediram para o segundo turno ser votado apenas em agosto, enquanto o governo acelera a liberação de emendas parlamentares. O Palácio do Planalto tem soltado as verbas para os municípios a conta gotas, o que aumenta a desconfia entre os aliados.

A expectativa do ministro é diferente da do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Principal articulador da reforma na Câmara, Maia ainda deseja aprovar o segundo turno na terça-feira (16).

https://congressoemfoco.uol.com.br/economia/governo-joga-a-toalha-e-reforma-ficara-para-agosto

Se tivesse acontecido o AI-5 de 1968, hoje o Brasil estava na mesma situação, ou pior, de CUba.

Foi preciso eliminar na época, o mesmo CÂNCER que atrasa a vida do Brasil atualmente.

Destaque sugerido pelo PT tiraria R$ 162 bi da reforma – (O Antagonista – 12/07/2019)

A Câmara está analisando agora um destaque à reforma da Previdência sugerido pelo PT, que mantém o pagamento de pensões integrais para todos os casos de segurados.

O relator, Samuel Moreira, que já se queixou dos petistas, afirma que a aprovação desse destaque retiraria R$ 162 bi da economia pretendida com a reforma.

https://www.oantagonista.com/brasil/destaque-sugerido-pelo-pt-tiraria-r-162-bi-da-reforma

Mais uma derrota do PT na Previdência – (O Antagonista – 12/07/2019)

O plenário da Câmara rejeitou mais um destaque do PT, que pretendia manter a atual regra que calcula o valor da aposentadoria com base nos salários maiores do trabalhador.

Por 346 votos a 131, foi mantida a nova regra da reforma que leva em conta a contribuição de todas as remunerações.

https://www.oantagonista.com/brasil/mais-uma-derrota-do-pt-na-previdencia

QUE PENDE PARA O LADO DESSA ORCRIM, TEM UMA ARMA APONTADA PARA A PRÓPRIA CABEÇA.

Hino dos cafagestes

Ultraje a Rigor – Tópico


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s