O “conto do vigário” tucano mirando 2022, com o aparato das raposas velhas – Pobre paulista!

Publicado: julho 13, 2019 em Sem categoria

Benedito Cujo

Doria parabeniza responsáveis pela aprovação da Previdência, menos Bolsonaro – (O Antagonista – 12/07/2019)

João Doria telefonou para Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre e Paulo Guedes para parabenizá-los pela aprovação do texto-base da reforma da Previdência.

Perguntado se não havia procurado Jair Bolsonaro, Doria disse:

https://www.oantagonista.com/brasil/doria-parabeniza-responsaveis-pela-aprovacao-da-previdencia-menos-bolsonaro

O “coisinha” do telejornal da BAND disse que Rodrigo Maia é o “patrono” da Reforma da Previdência.

Se fosse, a reforma tinha acontecido no governo passado.

E patrono de verdade, para “refrescar” a memória BAND, é do “rouba mas faz”, o Adhemar de Barros.

Dobradinha PSDB-PFL pode voltar nas eleições 2022, admite Maia sobre Doria e DEM – (Gazeta do Povo – 05/07/2019)

Em entrevista ao programa Pânico, da rádio Jovem Pan, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirmou nesta sexta-feira (5) que seu partido, o Democratas (antigo PFL, até 2007) pode repetir a dobradinha que venceu as eleições de 1994 e de 1998. À época Fernando Henrique Cardoso (PSDB) foi presidente com Marco Maciel (PFL) na vice-presidência.

A expectativa do cacique do DEM é de uma parceria com João Doria (PSDB), inclusive abrindo a oportunidade de filiação ao Democratas. “Se ele vier para o DEM, claro que pode ser candidato. Até porque o governador de São Paulo é sempre um pré-candidato muito forte”, disse.

“O governador é um ator fundamental e tem uma relação muito boa conosco. Não apenas o João Doria, como também o próprio PSDB. Seria um caminho natural. Como também pode ser natural a gente estar com o Luciano Huck, se ele resolver ser candidato”.

https://www.gazetadopovo.com.br/republica/breves/psdb-pfl-eleicoes-2022-maia-doria-huck

Se no Nordeste caiu o “castigo vermelho”, no estado de São Paulo foi a “praga” do socialismo caviar.

Estudantes da USP fazem abaixo-assinado para renúncia de Moro – (Epoch Times – 12/07/2019)

A manifestação foi mobilizada pelo Centro Acadêmico XI de Agosto.

https://www.epochtimes.com.br/estudantes-da-usp-fazem-abaixo-assinado-para-renuncia-de-moro

Aquele antro da Avenida São João ainda existe?

O que se espera de um governo de um partido que está no poder desde 1994, mantendo, ainda, o maior parasitismo na máquina pública estadual, principalmente nas “tetas” mais saborosas, que são as da educação e cultura?

Marco Antonio Villa estreia na Rádio Bandeirantes nesta segunda-feira – (Metro Jornal/Grupo Bandeirantes – 12/07/2019)

Historiador vai ancorar o jornal Primeira Hora a partir das 7h: “A ideia é qualificar a discussão política”, diz.

https://www.metrojornal.com.br/foco/2019/07/12/marco-antonio-villa-estreia-na-radio-bandeirantes-nesta-segunda-feira.html

Marco Antonio Villa on Twitter: Volto no Jornal da Cultura na próxima quarta (10/01) às 21:15.

Jornal da Cultura adere ao formato de casal na bancada, mas não dispensa comentaristas – (Tele Padi/Folha de S.Paulo – 03/07/2019 – Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo)

Como adiantamos aqui na calada da noite, o Jornal da Cultura passará a ser apresentado por um casal.

Willian Corrêa, que havia reassumido a bancada no início de junho, no lugar de Joyce Ribeiro (removida para o noticiário do meio-dia), está fora do projeto. A emissora ainda estuda os nomes dos novos apresentadores.

Um dado importante, o mais importante nessa troca, é que os comentaristas que analisam os fatos do dia, a cada edição, não perderão seus postos, e é isso que faz do JC um telejornal distinto da mesmice ditada por outros canais. O noticiário tem um time fixo que se reveza na bancada, incluindo aí Marco Antonio Villa e Marcelo Tas, mas tem também flexibilidade para convidar outros nomes, quando for o caso, a depender dos assuntos do dia.

https://telepadi.folha.uol.com.br/jornal-da-cultura-adere-ao-formato-de-casal-na-bancada-mas-nao-dispensa-comentaristas

Pobre paulista

Ira! – Tópico

Concorrer em 2022, mantendo a comunização, a parasitação e a herzoguização nos órgãos públicos paulistas, e sem que os tucanos sujos estiverem na cadeia, é algo a ser combatido.


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s