Arquivo de janeiro 20, 2020


Purgatorio da Imprensa

Quando um partido político domina uma região por mais de dois mandatos, ainda mais com reeleição, transmissão de cargo para vice e etc. e tal, dá nisso aí.

Esse era um dos desejos daquele comunista Herzog, que é típico de DITADURAS, principalmente as comunistas, que é dominar a rede pública de rádio e televisão.

E quando abrange as universidades públicas e demais órgãos do estado, a “folia” fica mais atuante.

OS PAULISTAS PRECISAM COLOCAR EM MENTE QUE DE 1994 PARA CÁ, NÃO ALÇARAM A QUALIDADE DE VIDA QUE MERECIAM, TANTO QUE NEM TEM MAIS TRENS DE PASSAGEIROS NO INTERIOR DO ESTADO, QUE FOI INFESTADO DE PEDÁGIOS, PRESÍDIOS E ESCOLAS PRECÁRIAS.

QUE EM 2020, A “DEMOCRADURA” TUCANA COMECE A SER ENFRAQUECIDA NAS PREFEITURAS PAULISTAS, PARA QUE EM 2022 O ESTADO DE SÃO PAULO FIQUE LIVRE DE UMA CORJA QUE SE LIVROU DA CADEIA DEVIDOS AOS VÁRIOS ESCÂNDALOS REVELADOS DESDE QUE ASSUMIRAM O PODER, FORA A “CAPIVARA” SUJA DA ÉPOCA DO REGIME MILITAR, O BRANDO.

Falsa disputa política entre PT e PSDB (Teatro das Tesouras de Lenin)

Rato de Asa

As verdadeiras DITADURAS fuzilaram seus opositores e não simpatizantes para não terem problemas no futuro.

Se há uma coisa que se deve lamentar profundamente sobre o Regime Militar, o brando, é a herança maldita que deixaram para o futuro, por não terem feito o serviço bem feito e completo.

Porque se tivessem feito, hoje não teríamos nem uma vasta imprensa podre e muito jornalistas paus-mandados, formados nos antros das orgias, para propagarem a inversão de valores em causa própria.

O reflexo dos erros do passado se refletem nos poderes, principalmente o Judiciário e o Legislativo, e para consertar isso somente a vontade popular e o patriotismo dos militares.

zé zzzzwzzbosta

Esse “livrinho de merda” acima, foi elaborado à base de muita corrupção e concessões de rádio e TV, mas, apesar de em partes lembrar de alguma coisa à favor da sociedade, foi feito deles para eles mesmos.

reajas



O País Que Vai

Justiça rejeita pedido para suspender outorga à Rede 21 – (Tela Viva – 06/06/2019)

Na Ação Civil Pública, o MPF aponta que o contrato firmado pela emissora com a IURD violaria o artigo 124 da Lei n.º 4.117/62 e o artigo 28, §12, “d”, do Decreto n.º 52.795/63, que dispõem que “a publicidade comercial não pode exceder 25% do tempo total de programação”. Para o Ministério Público, portanto, o termo “publicidade comercial” refere-se ao caráter comercial que a operação tem para o radiodifusor e não ao caráter comercial ou não do conteúdo da instituição que contrata determinado tempo de programação.

O MPF alegava ainda que a Rede 21, “ao alienar sua posição de delegatária à Igreja Universal, afrontou a exigência do prévio procedimento licitatório para a concessão de serviços públicos, bem como os princípios constitucionais da legalidade, impessoalidade e eficiência administrativa, e importa em desvio de finalidade da concessão de radiodifusão, acarretando enriquecimento sem causa da Rede 21 e seus representantes legais […]. Ainda que admitisse a transferência da outorga sem prévio procedimento licitatório, a transferência também seria ilegal pois não houve a anuência do poder concedente, caracterizando as infrações tipificadas no artigo 122, itens 16 e 34, do Regulamento dos Serviços de Radiodifusão”.

https://telaviva.com.br/06/06/2019/justica-rejeita-pedido-para-suspender-outorga-a-rede-21

Lulinha troca nome da Rede 21 para PlayTV – (Terra – 13/04/2006)

No final de 2004, a produtora teria recebido um aporte de R$ 5 milhões da Telemar, que passou a ter 35% de suas cotas. No ano passado, a Telemar teria injetado nela mais R$ 5 milhões como publicidade – o que fez a oposição levantar a suspeita de favorecimento por parte de uma concessionária pública à empresa do filho do presidente.

O contrato entre a Gamecorp e o Grupo Bandeirantes foi assinado ontem e terá vigência de dez anos, de acordo com o jornal Folha de S.Paulo. A mudança de nome foi exigência da Gamecorp, que terá total controle sobre a programação que exibirá na PlayTV.

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI962463-EI306,00-Lulinha+troca+nome+da+Rede+para+PlayTV.html

Band fecha acordo com TV estatal chinesa – (Folha de S.Paulo/UOL – 06/12/2017)

Contrato prevê produções conjuntas e compartilhamento; BandNews e Arte 1 exibirão ‘Frases Clássicas Citadas pelo Presidente Xi Jinping’.

https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/11/band-fecha-acordo-com-tv-estatal-chinesa.shtml

a milis

Na época do Regime Militar, o brando, não aconteciam “coisas bizarras” envolvendo as telecomunicações no Brasil, enquanto as DITADURAS do resto do mundo, principalmente as comunistas, jamais davam concessões de rádio e TV para particulares.

No conversor digital, o “pé de botina” eleitoreiro, e diretamente pela antena de UHF, são oito canais com conteúdos da IURDinária, mais dois católicos, alguns de outras “seitas”, mais TV Senado, TVs legislativas federal, estadual e municipal e outros três ligados diretamente ao Governo do Estado de São Paulo.

Não há o canal público federal, que é a TV Brasil e nem a TV Justiça.

Redes privadas como a Rede TV! exibem uma coisa na TV por assinatura e outra na TV aberta.

E O CONTRIBUINTE, ATRAVÉS DA “TRANSPARÊNCIA DE ÁGUA DE PRIVADA” SABE QUANTO CUSTA CADA INSERÇÃO NA TV E NO RÁDIO, DAS PROPAGANDAS DO TSE E TREs PARA PROMOVEREM A “DEMOnioCRACIA” DA JUSTIÇA IGUAL PARA TODOS E O “CIRCO” ELEITORAL QUE, ENTRE OUTROS GASTOS EXORBITANTES, TEM O FUNDO ELEITORAL DE MAIS DE 2 BILHÕES DE REAIS?

O Adventista (Ao Vivo)

Camisa de Vênus

ZÉ ZZZTRABRA64



O que não tem conserto

Ei, Globo… vai tomar no cu! @ Congresso Nacional do Brasil

zolhof