Posts com Tag ‘impeachment’

Honoris Causa

Publicado: novembro 4, 2009 em 1
Tags:, , ,

Photobucket




Sarney, nada mais que sarney… Um apelido; uma mentira no Brasil.

Afinal de contas, qual é a surpresa no Senado ? Qual a razão de tanta indignação ? O que se deve esperar quando se coloca, repetidas vezes, a “Raposa” para tomar conta do “galinheiro” ???
O SARNEY É ISSO, nada mais do que isto: golpes, dissimulação, corrupção, mentiras… Tudo sob o véu de um diploma de advogado, sob a manta de escritor e sob os louros da ação política.
Sarney comandou (ainda comanda), durante mais de 40 anos o Estado do Maranhão protegido pela ARENA, da ditadura militar e dos esquemas mais sórdidos do “coronelismo” político. Ele sabe, como ninguém, planejar artifícios para se perpetuar no Poder. Depois, ficou mais cinco anos na Presidência da República. Pasmem: Sarney foi Presidente da República, mesmo não sendo com o voto popular.
Nesses anos, construiu um verdadeiro monopólio da imprensa no Maranhão, onde existem apenas duas redes de televisão com alcance estadual. Uma delas é dele mesmo, retransmissora da TV Globo e acoplada ao maior jornal impresso local. E a outra entregou para seu afilhado político e também senador Édson Lobão, que reproduz o sinal do SBT. Ambas cresceram alimentadas pelas enormes verbas governamentais que eles mesmos decidiram, quando eram (os dois) donos do governo maranhense e com acesso aos esquemas publicitários federais.
Sarney transformou o Estado do Maranhão no mais pobre e mais injusto do País.
Seu nome de batismo é JOSÉ RIBAMAR FERREIRA DE ARAUJO COSTA. O SARNEY é apelido. Iniciou as suas ações políticas como suplente de deputado federal, em 1954, pela UDN. Foi Governador biônico do Maranhão em 1966. De golpes em golpes, chegou em 1984 à Presidência do Partido herdeiro da UDN, o PDS. Ao perder um embate com Paulo Maluf, renunciou à Presidência do PDS (estranhamente) e se aliou a Tancredo Neves, sendo eleito Vice Presidente, pelo voto indireto. Não menos estranhamente, Tancredo não tomou posse na data marcada, foi internado e morreu…
Quem assumiu a Presidência da República ? Sarney. Sim, ele, o mesmo Sarney que parece “dar sorte” com a desgraça do Brasil (ou a provoca?). O seu Mandato era de 4 anos, mas ele conseguiu, com artifícios que só Deus sabe, ampliar para 5 anos, junto ao Congresso (quanto isso deve ter custado?)… Durante seu Governo, criou a farsa do Plano Cruzado que tinha claros objetivos eleitoreiros, enganando a população, em 1986, com congelamento de preços e salários, a pretexto de estabilizar a economia. O POVO acreditou (foram até criados os fiscais do sarney nos supermercados e nas lojas) e votou nos candidatos do seu Partido, a ponto de, 22 dos 23 estados, escolherem os governadores e a maioria dos deputados do agrado de Sarney. Uma fraude eleitoral que já caiu no esquecimento da população, como de hábito no Brasil. Passadas as eleições a inflação voltou; o caos voltou… A mentira (mais uma) não se sustentou e no término do Governo Sarney, a inflação alcançou a marca de 84,32% ao MÊS. (eu escrevi, ao mês)…
Talvez por saber que o Povo do Maranhão não o aceitava mais, Sarney dá mais um golpe de mestre: muda de domicílio eleitoral e se elege Senador pelo Amapá. Reassume o comando da Política, com apoio do PMDB do Deputado Michel Temer (Presidente da Câmara dos Deputados) e principalmente sob os olhares carinhosos e beneplácitos de LULA…
Não se espantem: de LULA, o mesmo que nas das décadas da Ditadura e até pouco tempo atrás condenava Sarney. Não há o que esperar de diferente da parte de alguém que já defendeu, mesmo após as evidências de crime, corrupção etc, Delúbio, José Dirceu e tantos outros…
Se Sarney não renunciar, não será nenhuma surpresa, pois ele já deve estar urdindo um plano daqueles que o mantiveram até hoje no cenário político e no comando do País servindo as elites corruptas e delas se alimentando.
O Sarney é isso: apenas Sarney, ou seja um APELIDO de tudo o que há de Atraso e Corrupto e de Indigno neste País.
Lembrem-se: Sarney é APELIDO. É uma Mentira…

CÉLIO LUPPARELLI
Professor, Pedagogo, Medico, Administrador